terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Ciência Social ou Sociologia?

Não sei se concordo com tudo, mas devemos refletir sobre isso.

Fonte: http://movimentossociais-educacao.blogspot.com.br/2013/12/ciencia-social-ou-sociologia.html

 

Ciência Social ou Sociologia?

 

O pensamento neoliberal vem causando muita confusão no meio das Ciências Sociais, que são uma área de conhecimento e não uma profissão. A profissão regulamentada, fruto da luta, é a de Sociólogo. Não existe a profissão de cientista social. Nosso compromisso é com a luta pela ampliação do mercado de trabalho do Sociólogo.   Por trás dessa discussão, existe, por um lado, uma visão nostálgica de alguns acadêmicos que querem o retorno a uma formação que não existe mais, pois, toda ciência caminha, em razão do desenvolvimento da pesquisa, para a especialização. Uma formação acadêmica generalista na graduação não tem mais lugar nos dias de hoje. Seria como propor, por exemplo, o fim das graduações em Física, Química e Biologia e o retorno dos cursos de Ciências da Natureza, como era no passado. Por outro lado, existem aqueles que defendem a formação de um cientista social, invocando um currículo interdisciplinar. Omitem esses defensores de uma "graduação interdisciplinar" que só existe interdisciplinaridade se houver disciplinaridade. Talvez essa, a da interdisciplinaridade, seja a argumentação mais pérfida que já atingiu a Sociologia e a Educação, pois, ela oculta, em nome de uma idéia importante, a do diálogo entre as ciências, o projeto de uma formação acadêmica pobre e barata.

 

Devemos atentar também para o fato de estar em discussão, hoje, no MEC e no Congresso Nacional, o projeto do chamado "Ensino Médio Inovador" que põe fim às disciplinas e cria um ensino por áreas de conhecimento. A formação de um professor generalista atenderia a esse projeto: a da formação acadêmica pobre e barata para pobres. Ou seja, o discurso da formação generalista esconde, na verdade, uma proposta obscurantista, um verdadeiro golpe na Educação e na Sociologia. A concepção neoliberal quer proporcionar uma formação barata e de má qualidade para professores que irão trabalhar com jovens das classes populares. É claro que esse projeto é apresentado sempre com uma bela roupagem e um belo discurso, mas, facilmente desvelado quando observamos que a carga horária exigida é de 2400 horas em três anos do ensino médio, ou seja, 800 horas por ano de ensino, ou 4 horas-aula por dia, apenas, num momento em que os movimentos sociais e as entidades da sociedade civil organizada, comprometidas com as lutas democráticas e populares, defendem exatamente o contrário: um ensino em tempo integral para atender as exigências de uma educação de qualidade.

 

A ideia equivocada de formar "cientistas sociais" em vez de Sociólogos, Antropólogos, Cientistas Políticos etc., tem por objetivo corroborar para com esse projeto neoliberal, pois, seria, ainda, de difícil sustentação pelo neoliberalismo, além de incongruente, propor para a sociedade uma licenciatura generalista e um bacharelado especializado. Assim, dentro da lógica neoliberal, as licenciaturas formariam professores de "ciências sociais" e os bacharelados "cientistas sociais".

 

Num momento em que a Sociologia se afirma como disciplina no Ensino Médio e as profissões de Professor de Sociologia e de Sociólogo ganham espaço no mercado de trabalho, a proposta de formação acadêmica generalista representa uma reação dos setores conservadores e obscurantistas às conquistas obtidas nas últimas décadas, como a da regulamentação da profissão de Sociólogo e o retorno da disciplina de Sociologia ao Ensino Médio em todo o país.

 

Márcio Franco X.Vieira

Dez/2013



terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Marca de Fantasia - Imaginário! 5


A Marca de Fantasia fecha sua produção anual com mais uma edição da revista 


X Seminário Jogos Eletrônicos, Educação e Comunicação – construindo trilhas



X Seminário Jogos Eletrônicos, Educação e Comunicação – construindo trilhas

 

Período: 29 a 30/04/14

Local: UNEB - Salvador

 

 

1. Chamada de trabalho

A chamada de trabalhos para o X Seminário será divulgada em listas de discussão relacionadas com a temática dos jogos eletrônicos, e nos sites do Seminário, da UNEB, do Grupo de Pesquisa Comunidades Virtuais, Realidade Sintética, da Rede Brasileira de Jogos eletrônicos, entre outras.


2. Trabalhos Científicos

2.1 Os Trabalhos encaminhados para serem apresentados nos Grupos de Trabalho serão apresentados ao Conselho Científico do Seminário, preservando a identidade dos autores, garantindo assim, a lisura do processo de seleção de trabalhos.

2.2 Os trabalhos serão analisados considerando a relevância da temática tratada.

2.3 Cada Trabalho Científico deve ser direcionado para um dos Grupos de Trabalho. Serão aceitos trabalhos tanto teóricos quanto empíricos que estejam atrelado aos seguintes GTs e suas respectivas ementas.


GT 1 - Jogo eletrônicos e cultura

Games como um produto cultural que ressignifica as distintas concepções de cultura.  Significados construídos socialmente entre games e cultura. Games e sua relação com a educação, filosofia, psicologia, corpo, religião, gênero, entre outros temas.


GT 2 - Jogos eletrônicos e Computação

 

Desenvolvimento de jogos Digitais. Acessibilidade digital. Programação de Jogos. Realidade Virtual aumentada. Gamificação. Inteligência artificial aplicada a jogos. Hardwares adaptados. Desenho Universal.



GT 3 – Jogos eletrônicos e saúde

 

Exergames e aplicações  na reabilitação. Práticas de saúde e games. Reabilitação e Games. Conceitos, reflexões e práticas de saúde relacionadas aos games. Classificação Internacional de Incapacidade e Saúde, participação social e inclusão.


GT 4 –Jogos eletrônicos Arte & Design

 

Concepção de Arte e Design. Narrativas. Interação. Design de personagens. Estética, Game Play. Jogabilidade.

 

3.Submissão de Trabalhos Científicos:

3.1 Os pesquisadores que vem investigando os jogos eletrônicos e suas diferentes relações podem encaminhar trabalhos os GTs abaixo relacionados.

 


GT1 – Jogos eletrônicos e Cultura

-Filosofia

-Psicologia

-Educação

-Corpo

-Política

-Gênero

-Religião

-Indústria

 

GT2 – Jogos eletrônicos e Arte & Design

- Métodos e processos de Design,

- Narrativa,

- Imersão,

- Interatividade,

- Jogabilidade (game play),

- Design de personagens,

- Design de Experiências Interativas,

- Animação,

- Efeitos especiais,

- Interfaces,

- Áudio,

- Arte em Games.

 

GT3 – Jogos eletrônicos e computação

Acessibilidade em Jogos

- Arquiteturas Computacionais para Jogos Digitais

- Áudio em jogos

- Computação afetiva aplicada a Jogos

- Computação ubíqua aplicada a Jogos

- Inteligência artificial aplicada a Jogos

- Interfaces humano-computador para Jogos

- Jogos crossmedia

- Jogos em TV digital interativa

- Linguagens e técnicas de programação em Jogos

- Modelos e infraestrutura para jogos em rede

- Plataformas de Jogos

- Processamento gráfico

- Realidade virtual, aumentada e mista aplicadas a Jogos

- Sensores e interface com hardware

 

GT 4 – Jogos eletrônicos e Saúde

-       Exergames

-       Jogos digitais para fisioterapia

-       Jogos digitais para autistas


 

 

3.2 A submissão do trabalho deverá ser realizado até 31 de janeiro de 2014 através do sistema de envio de trabalhos acadêmicos Easychair. O sistema está disponível no link: https://www.easychair.org/conferences/?conf=sjeec2014.

3.3.  Identificação dos Trabalhos

3.3.1. Os nomes dos autores e o nome da instituição a que estiver vinculado (s) o (s) autor (es), qualquer informação que possa identificar os autores (nome de jogos, instituições parceiras, etc.) devem ser substituídos por [BLINDREVIEW]

3.3.2. No caso de aprovação do artigo, os autores deverão eliminar os BLINDREVIEW e substituir com os dados dos autores e outras referências.

3.4 Ao receber a carta de aceitação o trabalho deve ser reenviado para a comissão com as devidas correções dadas pelos pareceristas e acompanhado de um "Termo de Compromisso de Apresentação" nos seguintes termos: "Eu____ (nome completo do principal responsável pelo Trabalho) ____ autorizo, caso meu Trabalho____ (nome do Trabalho) ____, de autoria de ____ (nome de todos os autores) ____, seja aprovado pela Comissão Científica X Seminário Jogos Eletrônicos, Educação e Comunicação: Construindo Novas Trilhas, a publicação imediata nos anais do seminário e no site da instituição organizadora.

3.5 - Nota Importante: Trabalhos aprovados sem termo de compromisso não serão aceitos.

3.6 Os Trabalhos aprovados serão publicados nos anais e no site do seminário. 

4. Formatação do artigo

4.1. Os Trabalhos devem ter entre 9 (nove) a 10 (dez) laudas

4.2. Deve possuir no máximo 3 autores.

4.3. O template com as devidas formatações se contra disponível em http://www.comunidadesvirtuais.pro.br/seminario-jogos/2014/downloads/

  

 

 

5. Mostra de jogos eletrônicos

Durante o evento será realizada uma mostra de jogos eletrônicos na qual desenvolvedores terão a possibilidade de apresentar o seu game e socializar com a comunidade o processo de desenvolvimento. Nesta edição, a mostra terá uma categoria específica para os jogos desenvolvidos com enfoque na acessibilidade e inclusão de pessoas com deficiência.

5.1.  Para submissão dos games o desenvolvedor deverá enviar por o e-mail a ficha de inscrição, preencher e assinar o termo de consentimento (arquivo jpg ou pdf).

5.1.1 A ficha de inscrição e termo de consentimento estão disponíveis no site do evento em Downloads e que podem ser acessados através do link: http://www.comunidadesvirtuais.pro.br/seminario-jogos/2014/downloads/

5.1.2 Na ficha de inscrição deverá ser informado o link de onde o game está armazenado (Drive, Dropbox, ou qualquer outro ambiente de armazenamento)

 5.1.3 O e-mail para submissão é games@comunidadesvirtuais.pro.br com cópia para jessenery@hotmail.com e assunto "SUBMISSÃO DE GAME - SJEEC 2014".

5.2. O prazo para submissão do jogo é até o dia 01/03/2014.

5.3. Os games serão analisados pela comissão de avaliação e a notificação dos selecionados ocorrerá a partir de 30/03/2014.

 

6. Cronograma

 

Data máxima para encaminhamento dos Papers: 31/01/14.

Data máxima para encaminhamento dos Games: 01/03/2014

 

Notificação de aceitação dos papers: A partir de 18/03/14.

Notificação de aceitação dos games: A partir de 30/03/14.

 

 


quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

375 livros de arte do Metropolitan Museum of Art

Parte do acervo do Metropolitan Museum of Art, de Nova York, está aberto para download gratuito. São 375 livros de arte publicados entre 1964 e 2012 e compreendem todo o período da história da arte.

Trata-se de estudos críticos e biográficos de nomes como Salvador Dalí, Leonardo da Vinci, Van Gogh, Pablo Picasso, Michelangelo, Rembrandt, Rosa Bonheur, Georgia O'Keeffe, John Singer Sargen, Utagawa Hiroshige e Claude Monet.

Clique e acesse 


segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Curso EAD Culturas e História dos Povos Indígenas

Curso de Formação de Professores na Temática das Culturas e Histórias dos Povos Indígenas.
Curso à distância para capacitar professores. Realização: NEPE/UFPE
Inscrições: http://www.cfpindigena.blogspot.com.br/p/informacoes.html 

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Call for papers: "ESJ" December 2013 edition vol.9, No.34, 35, 36 and "ESJ" January 2014 edition vol.10 No.1, 2 and 3




Distinguished Colleagues,     The "European Scientific Journal" (ESJ) is a double-blind peer reviewed   journal which accepts high quality research articles. The journal is issued
monthly and is available to all researchers who are interested in publishing
their scientific achievements. 
 
Supporting the concept of interdisciplinarity we welcome submissions in different academic areas. 
All articles must be in English, French or Spanish and have an English abstract.
 
The excellent team, composed of eminent researchers from over 120 universities worldwide,
is crucial to the prestigious status that the ESJ enjoys.
Regular monthly publications of the ESJ are uploaded on our website at  the end of each month. Moreover, the European Scientific Institute, ESI the  publisher of the ESJ, mails printed copies of the journal to the authors of the papers.     The European Scientific Institute, ESI received an ISBN number registered in the 
international ISBN data-base in London.
This enables the European Scientific Institute to publish books. In these  terms, having in mind the ESI policy concerning young researchers and  scientists,we are especially inviting the young researchers all over the  world to publish their Master or PhD thesis using our services.    "ESJ" October edition vol.9, No.28, 29 and 30  http://eujournal.org/index.php/esj/issue/archive      Sincerely,
 
__________________________________________________  EUROPEAN SCIENTIFIC INSTITUTE    For any other information please send us e-mail on:  contact@eujournal.org
Website: www.eujournal.org
French version:  http://eujournal.org/index.php/esj/index  Spanish version: http://eujournal.org/index.php/esj/index
 


sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

EXPO PERNAMBUCO EXPERIMENTAL NO RIO DE JANEIRO


Sob a curadoria de Clarissa Diniz e Paulo Herkenhoff, será aberta às 10 horas da manhã do próximo dia 10 de dezembro de 2013, no Museu de Arte do Rio, a exposição PERNAMBUCO EXPERIMENTAL, que reúne a criação artística de Pernambuco de 1920 até 1980.
Mais de 400 obras reúnem trabalhos de Lula Cardoso Ayres, Vicente do Rêgo Monteiro, Cícero Dias, Abelardo da Hora, Aloísio Magalhães, Paulo Bruscky, Montez Magno, José Cláudio e muitos outros mais, estarão sendo apresentadas, juntamente com expressões da literatura como João Cabral de Melo Neto, Hermilo Borba Filho, Josué de Castro, Joaquim Cardozo, Jommard Muniz de Brito, Arnaldo Tobias além de apresentações de vídeos e músicas do período.



sexta-feira, 29 de novembro de 2013

"O azul indiferente do céu"




Shiko acaba de produzir mais um álbum com a força impressionista de seus
quadrinhos. O lançamento ocorrerá na Comic House, em João Pessoa, no dia 7 
de dezembro, algumas informações no sítio da 
editora: 


quinta-feira, 21 de novembro de 2013

HQ/Ilustrações sobre homossexualidade

O jeito que os alemães encontraram para explicar a homossexualidade para crianças
 

Você pode até não concordar com a homossexualidade como um estilo válido para sua vida. Mas não pode negar que ela existe. Partindo deste pressuposto, mais cedo ou mais tarde, o assunto terá de ser abordado com as crianças da sua família, sejam elas seu filhos, sobrinhos, irmãos, afilhados, netos etc.

Esse livro alemão foi escrito justamente com o intuito de explicar às crianças o que é "homossexualidade". Ele faz isso de forma simples, direta e sem nenhum tipo de preconceito. O material bem que poderia  ser distribuído aqui no Brasil, principalmente para alguns adultos.
Leia a pequena história em alemão, traduzida para o português:

tira5

tira4 tira3 tira2 tira1

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

chamada para artigos - Revista Cadernos de Estudos Sociais (FUNDAJ)

Olá,
A chamada para artigos da Revista Cadernos de Estudos Sociais FOI AMPLIADA ATÉ 02 DE DEZEMBRO DE 2013. ATENÇÃO!! Em virtude de problemas recentes com o sistema de internet da Fundação Joaquim Nabuco, estamos recebendo contribuições através do e-mail cadernos.estudos.sociais@hotmail.com. Abaixo os detalhes em três línguas (português, inglês e espanhol).

A Revista Caderno de Estudos Sociais acolhe textos escritos em português, inglês e espanhol, acompanhados de resumo, abstract e resumen, seguidos de três a cinco palavras-chave, keywords e palabras clave. A publicação será feita na língua original da submissão. Esta é a nossa página no Facebook. Abaixo, está a nossa chamada para artigos. Em seguida, vou incluir as versões em inglês e em espanhol.
Edital de chamada para publicação de artigos
Revista Cadernos de Estudos Sociais
(Edição 2013, número 28, volumes 1/2)

Recife, 05 de setembro de 2013

A revista Cadernos de Estudos Sociais é uma publicação semestral da Fundação Joaquim Nabuco. A revista acolhe textos escritos em português, inglês e espanhol, publicados no original. A submissão de artigos é totalmente on line, por meio de cadastro pelo portal da revista – http://periodicos.fundaj.gov.br/index.php/CAD.
O foco de sua política editorial é a divulgação permanente de trabalhos de excelência em seu campo de conhecimento, nas principais vertentes contemporâneas da área de ciências sociais, de autores nacionais e internacionais. A proposta é de alternar edições de temas livres e dossiês temáticos, que serão definidos na medida em que surjam demandas consistentes no meio acadêmico. Para 2013, lançamos o edital para chamada dupla para os dois volumes do ano.
O tema do volume 1 será Crise e protesto social: 2008-2013. Desde a crise financeira de 2008, muito se tem discutido a respeito da economia global, dos destinos da globalização, da efetividade das estruturas de governança global. Em relação com a crise, não apenas houve uma intensificação de práticas de coordenação de ações e políticas em nível inter-governamental e multilateral, mas também emergiram protestos e movimentos sociais que expressaram de diferentes maneiras, orientações ideológicas e através de uma multiplicidade de demandas, sua insatisfação e frustração com os destinos da política e da economia nos países mais diretamente afetados pelos efeitos da crise financeira. Este número da revista pretende abrir um espaço de reflexão e debate a respeito das múltiplas dimensões da questão, em escala global, a partir de casos locais (pensado este termo em diferentes escalas – do comunitário ao continental – em relação ao global). As contribuições submetidas podem abordar qualquer temática relativa ao tema da crise em suas vinculações com os protestos e movimentos, desde uma ótica intra- ou trans-nacional. Trabalhos enfocando os casos do Brasil, Espanha, Grécia, Itália, Estados Unidos, Egito etc. serão particularmente bem-vindos.
O tema do volume 2 será livre.
A recepção de artigos é de fluxo contínuo, uma vez que todas as edições temáticas mantêm uma seção para temas livres.
A revista é publicada em versão eletrônica no portal da FUNDAJ e impressa, e permutada com inúmeras bibliotecas públicas e universitárias brasileiras. Instituições interessadas em receber regularmente a versão impressa deverão entrar em contato com os editores da revista, formalizando sua solicitação. Aceita pedidos de assinatura no país e no exterior.

Foco, escopo e processo de avaliação da Cadernos de Estudos Sociais

O objetivo da revista Cadernos de Estudos Sociais é divulgar artigos originais na área de ciências sociais, nos campos da educação, sociologia, ciência política, antropologia, economia, demografia, estatística e correlatos. A CES é uma revista aberta à colaboração de pesquisadores de universidades e instituições de pesquisa do Brasil e do exterior, publicando textos escritos em português, inglês e espanhol. Sua linha editorial busca dar espaço para o debate de temas atuais da sociedade, seja através de discussões teórico-metodológicas, seja de resultados de pesquisas fundamentados teórica e metodologicamente, resenhas e notas de pesquisa. São bem recebidos trabalhos que tragam estudos comparativos entre o Brasil e outros países, em um diálogo inter e multidisciplinar entre os campos de conhecimento das ciências sociais. Por isso, a CES não é uma revista de caráter institucional, mas focada no debate social e cultural internacionalizado.
O processo de avaliação de artigos é feito por pares, realizado por corpo de pareceristas previamente convidado e de reconhecida importância no campo das ciências sociais. As chamadas para publicação são feitas por editais, mas mantém-se também uma política de recebimento em fluxo contínuo, através do sistema de submissões on line. Eventualmente, podem ser lançados editais para números temáticos. Em caráter especial, algumas edições podem ser feitas exclusivamente com autores convidados, com reconhecido saber nas áreas em que atuam. Nestes casos, poderemos convidar professores e pesquisadores como editores ad hoc. A edição poderá ser especial temática na íntegra ou compor um dossiê de uma edição regular. A revista tem versão em PDF (em processo de editoração) e impressa. Cada autor terá direito a cinco cópias da versão impressa, cujo recebimento depende do correto preenchimento do cadastro no momento da submissão do artigo.
A revista Cadernos de Estudos Sociais não se responsabiliza pela redação nem pelos conceitos e opiniões emitidos pelos colaboradores/autores dos textos publicados.

Prazo para o envio dos textos

15 de novembro de 2013.

Apresentação dos textos originais

O artigo deve ser submetido por meio de cadastro no portal da revista http://periodicos.fundaj.gov.br/index.php/CAD. Não serão aceitos artigos enviados por e-mail para nenhum de seus editores.

Artigos
O artigo deve ter entre 15 e 25 páginas, seguindo as regras da ABNT. As normas se encontram no portal da revista, nas seções "Políticas" e "Submissões".

Resenhas
Encorajamos o envio de resenhas de publicações brasileiras e internacionais, particularmente as publicadas nos últimos três anos. Resenhas de obras publicadas há mais tempo serão consideradas, desde que o/a autor/a justifique a relevância atual da obra.
Os textos enviados devem ter até 7 páginas, no mesmo formato disponível para os artigos, não devendo conter resumo e palavras-chave.

Entrevistas
Devem conter, num cabeçalho, nome do entrevistado, título ou tema da entrevista e o nome do(s) entrevistador(es), seguindo as normas de espaçamento, tipo de letra etc. indicados para os artigos.

Patricia Bandeira de Melo
Isolda Belo da Fonte
Joanildo A. Burity
Editores

Revista Cadernos de Estudos Sociais ISSN: 0102-4248



quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Palestra: ARTE & ARTE SEQUENCIAL – A presença da arte nas histórias em quadrinhos


Nesta terça-feira, 20 de novembro de 2013, às 19:30 horas, haverá  uma palestra no auditório da CAIXA CULTURAL, no Recife Antigo, intitulada "ARTE & ARTE SEQUENCIAL – A presença da arte nas histórias em quadrinhos".

Após a palestra, haverá debate com os presentes sobre o assunto e autografo de duas obras  de Lailson de Holanda: PINDORAMA EDIÇÃO ESPECIAL (coletânea de tiras publicadas em jornais) e ESTA VIDA É UM CIRCO (coletânea de cartuns).


quarta-feira, 13 de novembro de 2013

46 fascinantes fotografias das Etnias mas remotas do mundo

Kazakh, Mongolia

46 fascinantes fotografías de las tribus más remotas del mundo antes de que desaparezcan
  • ongolia

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Himba, Namibia

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Huli, Indonesia and Papua New Guinea

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Asaro, Indonesia and Papua New Guinea

Foto: Jimmy Nelson

Kalam, Indonesia and Papua New Guinea

Foto: Jimmy Nelson

Goroka, Indonesia and Papua New Guinea

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Chukchi, Russia

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Maori, New Zealand

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Gauchos, Argentina

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Tsaatan, Mongolia

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Samburu, Kenya

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Rabari, India

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Mursi, Ethiopia

Foto: Jimmy Nelson

Ladakhi, India

Foto: Jimmy Nelson

Vanuatu, Vanuatu Islands

Foto: Jimmy Nelson

Drokpa, India

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Dassanech, Ethiopia

Foto: Jimmy Nelson

Karo, Ethiopia

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Banna, Ethiopia

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Dani, Indonesia and Papua New Guinea

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Maasai, Tanzania

Foto: Jimmy Nelson

Nenets, Russia

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson

Foto: Jimmy Nelson